Durante minha visita ao salão Red Team ( Leia mais aqui: http://garagemdoscachos.com.br/2013/09/desprogressive-se-sera-o-fim-da-transicao.html  ), selecionei para o blog, algumas dicas pinceladas pelo mago dos cabelos cacheados e crespos, Carlos Jamayka, anote aí a primeira:
 Faça o seu próprio bálsamo higienizador

Excelente para  intercalar lavagens, o bálsamo limpante é responsável pela limpeza suave do couro e fios.  Sua composição, geralmente à base de ervas, ajuda a eliminar os resíduos e revigorar os fios. O resultado é maravilhoso, entretanto, o preço pode ser salgado. Para quem não pode ou não quer gastar 60 reais  ou mais, anote essa receitinha.

O que você vai precisar

1 – Um condicionador sem silicones, parabenos e derivados de petróleo (ache o seu aqui: http://garagemdoscachos.com.br/2013/07/voce-sabe-o-que-e-no-poo-e-low-poo.html)

2 – Um limão espremido


Como preparar:

Coloque em um recipiente a quantidade de condicionador a ser utilizada (geralmente um pouco mais que uma moeda de um real) e misture com o suco do limão.

Como aplicar:

Após massagear o cabelo apenas com água para eliminar impurezas, aplique o bálsamo caseiro no couro cabeludo com movimentos circulares a partir das têmporas, indo para a nuca e depois em direção ao topo. Após massagear bem, dessa o produto em direção aos fios, com a técnica de enluvamento. É como pentear os cabelos com as mãos. Se tiver dificuldade, pode usar um pente de dentes largos. Enxágue abundantemente.

Carlos Jamayka enluvando meu cabelo:

Como finalizar:
Aplique o mesmo condicionador ( sem o suco do limão) enluvando todo o cabelo. Não enxágue. Faça fitagem usando as mãos (assim como o enluvamento, você também penteia os fios com as mãos, a diferença é que você trabalha no movimento do fio, respeitando o seu contorno natural e ajudando com pequenas amassadinhas) Amasse com papel toalha e deixe secar naturalmente.

Gostou da dica do mago? Tem mais amanhã: acompanhe!

Sobre o Mago

Carlos Jamayka tem 27 anos de carreira e começou cedo na área. Já com 14 anos foi se especializar porque não parava de palpitar no salão do bairro, e acabou causando atrito entre clientes e o proprietário, que não conseguia contra argumentar as suas críticas. Com o diploma do Senac e o dom nato em suas mãos, transitou por salões badalados de São Paulo, como o Jacques Janine, Up Hair Design ( Daslu) e Jassa. Passou pelas academias mais renomadas do mundo, como as inglesas, Vidal Sassoon e Toni e Guy;  a francesa, Jacques de Dessang e  a espanhola Llongueiras.  Esta última, um divisor de águas na sua profissão, segundo o próprio. Como sua maior paixão sempre foi direcionada aos tratamentos capilares, encontrou-se no Red Team, onde preza ressaltar a verdadeira beleza de seus clientes, que segundo ele, está no natural. “Repito que o cabelo natural é a melhor moldura para o rosto, nós apenas adequamos isso e ensinamos nossos clientes a lidar com o seu fio como ele realmente é”.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Comentários no Facebook